CONHEÇA O WATER TRANSFER PRINTING, NOVIDADE NA PERSONALIZAÇÃO DE CARROS, DISPONÍVEL AQUI NA PANDA SOM

Já imaginou mergulhar as rodas do seu carro na "água" e elas saírem do totalmente pintadas?.  Pois já existe uma técnica na indústria do tuning capaz de realizar o feito. Trata-se da Water Transfer Printing, uma pintura feita à base de água, onde a tinta é transferida de uma película solúvel. A técnica é mais popular na coloração de rodas, mas é compatível com qualquer outro material automotivo, desde painel até mesmo o motor.

A Water Transfer Printing, também conhecida como Hydro Dipping, não é novidade no mercado de pintura. Surgiu no Japão na década de 1970. Foi sucesso nos Estados Unidos nos anos 1980, usado pra camuflar armas e capacetes. No Brasil, a técnica é mais conhecida na indústria de decoração. Agora, o Hydro Dipping aparece na indústria automobilística.

A EDX Water Transfer Printing, empresa especializada no ramo, oferece o serviço a mais de seis anos, na cidade de São Paulo. Roberto Manoel Antônio, dono da EDX, conta como é feito o processo:

“Usamos um tanque de água, cobrimos com uma película com o desenho, aplicamos o ativador e então mergulhamos a roda por completo no substrato. Depois é só esperar secar de cinco a dez minutos e passar o verniz para um brilho mais intenso”. Robertinho diz que o segredo está no ativador – responsável por diluir a película na água –, e não revela a substância presente no spray.

ara andar por aí com o carrão personalizado, é preciso desembolsar pelo menos R$ 100. Os preços variam, podendo chegar até R$ 750. A EDX também oferece cursos pra quem quer ingressar no ramo. Os preços variam de acordo com o nível técnico. Segundo Robertinho, qualquer peça pode passar pelo Hydro Dipping. Os motociclistas também podem pintar seus capacetes ou até mesmo a moto toda.

A durabilidade do Hydro Dipping é a mesma de pintura automotiva e depende do cuidado com a peça. O sol pode queimar a tinta e a película não é à prova de riscos. Envernizar é uma maneira de estender a vida útil da peça. A grande desvantagem é que se acontecer um pequeno risco, o procedimento tem que de ser feito do zero, pintando novamente toda a peça. 

A EDX não desmonta as peças. Apenas faz o procedimento. A roda, ou qualquer outro item, deve ser levado desmontado, pronto para passar pelo Hydro Dipping. O processo não é demorado. É feito o mergulho e esperado a peça secar.



Fonte: Quatro Rodas

Panda Som

Rua Capitão Gustavo, 3465 - Joaquim Távora - Fortaleza - Ceará
E-mail: pandasom@hotmail.com
(85) 30679716 / 8858.8812

Localização